HOME | NOTÍCIAS | VÍDEOS
> NOTÍCIAS

09/10/2019
Conheça a história de Kiki, a gatinha que é o mais novo membro da família Mineiro

Parecia que ia ser apenas outro dia triste para Kiki, mas sua vida ganhou um novo rumo naquela manhã chuvosa. Kiki, uma gatinha perdida, procurava abrigo dentro de um ônibus quando foi descoberta por uma mulher que teve dó e decidiu ajudar o filhote. A gatinha foi parar nas mãos da professora e protetora independente de animais, Eniara Figueredo, que conseguiu um lar para Kiki na família dos alunos Mariana e Rodrigo Mineiro.
 
 
“Ela chegou desnutrida, com uma feridinha na boca. Levei para clínica, fiz exames, ela foi vacinada e começou a se alimentar melhor para o último processo antes da adoção, que é a castração. Depois, a gatinha ficou lá em casa e, no dia do Anglo Connection Day, falei sobre ela para Viviane, mãe de Mariana e Rodrigo, que demonstrou interesse em adotar”, disse Eniara.
 
A família já tinha um cãozinho (Pupita) e outro gato (Key), que também foi adotado, mas havia espaço e amor para mais um bichinho. “Me apaixonei assim que Eni falou dela. Fui buscar no mesmo dia”, contou Viviane. No início, Kiki ficou isolada dos outros animais por causa de uma micose e, também, para que todos se acostumassem com sua presença. A socialização foi feita aos poucos e, rapidamente, a gatinha se integrou à família.
 
 
Viviane conta que já comprou animais, mas adotar é uma experiência diferente. “O animal vem demandando um cuidado e envolve a família inteira. Mobiliza um sentimento que é muito bom. A gente já deu banho em Kiki juntos, estamos sempre observando se ela está se alimentando. Meus filhos sempre falam que ela está cada diz mais forte, mais bonita e mais gordinha”, destacou.
 
“Kiki está sendo muito bem cuidada, muito amada por essa família e eu só tenho a agradecer”, pontuou a professora Eniara, destacando a situação crítica dos animais nas ruas de Salvador. “São milhares de animais carentes e o Castramóvel está suspenso. A população canina e felina está crescendo nas ruas e as ONGs estão superlotadas e não têm condições de atender tantos pedidos de resgate”, afirmou.
 
 
Kiki: Antes e depois da adoção
 
Quem quiser ajudar um animalzinho resgatado, pode procurar ONGs em Salvador ou protetores voluntários, como a professora Eniara. Para realizar a adoção responsável, é preciso atender alguns critérios que garantam o bem-estar do animal, observados antes da doação. Para saber mais sobre adoção, fale com a professora Eniara.
 
Enquanto outros animais não têm a mesma felicidade, Kiki segue sendo cuidada, amada e musa inspiradora dos versos que Viviane escreveu especialmente para celebrar esse encontro. Leia o poema Amonet:
 
Amonet 
 
Doce lar novo!
Namastê.
“O Deus que habita em meu interior reconhece o Deus que habita em você.”
Te saúdo, pequena Amonet.
Por sua coragem e superação.
Por sobreviver.
 
ADOTAR
É dizer NÃO
Ao doloroso sentimento
De rejeição.
Ao abandono.
Aos maus tratos.
À agressão.
 
Doce família nova!
Perdão
Se houve descriminação.
Dificuldade de aceitar
As diferenças.
A imperfeição.
 
ADOTAR
É querer aprender
Com você 
A acolher o presente
A desafiar os olhos
E enxergar com o coração.
Acreditar na vida .
A ter esperança.
Salvar-se .
Buscar uma saída
E encontrar.
 
Aceito:
Ter responsabilidade.
Ser digno de confiança.
Serei como você:
Um amigo fiel.
De verdade .
Em todas as horas
Na alegria e na tristeza.
Nas várias situações
E momentos nossos
De vulnerabilidade.
Minha única certeza
É contar com você ao meu lado.
E a sua,
É contar com a minha proteção
Com o meu cuidado.
 
ADOTAR
É abraçar o inesperado.
O oculto.
O sagrado.
É dizer SIM
Ao amor
À empatia
À compaixão
Ao pertencimento
À gratidão .
 
Adoto você, Amonet.
Como nossa Kiki
Respeito seu jeito.
Prometo:
Ser seu braço direito.
Seu Porto Seguro.
Seu colo.
Sem preconceito.
 
Seja bem vinda à nossa família.
Honrarei essa escolha
Todo dia
Carinhosamente
E com muita alegria.
 
Feliz história nova, Kiki!
Saúde!
Um VIVA pra você.
Viva docemente. 
 
26/09/2019
Viviane Mineiro
Rodrigo Mineiro
Mariana Mineiro 
Pupita 
Key

 



 
1 comentário(s) para esta notícia.
 
09/10/2019 às 16:43:22
Eniara
Não compre, ADOTE! Parabéns a toda a família que abriu seu coração para mais uma adoção.


NOME:
E-MAIL:
COMENTÁRIO:

 
> MAIS NOTÍCIAS
 
Rua Mangalô, 156, Colina A, Patamares, CEP 41680-048 - Tel (71) 3367-2173 | 3367-3040 | 3367-7308 | 3367-3041
secretaria@anglobra.com.br