HOME | NOTÍCIAS | VÍDEOS
> NOTÍCIAS

23/05/2018
Presidente da SIB conversa sobre conflitos entre palestinos e israelenses com alunos do EM

O Anglo recebeu, na manhã desta terça-feira, 22, a visita do presidente da Sociedade Israelita da Bahia (SIB), Miguel Kertzman. Ele conversou com os alunos do 2º e 3º anos do Ensino Médio sobre um tema histórico, mas que ainda tem desdobramentos na atualidade: a criação do Estado de Israel e os conflitos entre judeus e palestinos.
 
 
“Os alunos do 3º EM vão começar a estudar esse tema e, hoje, vemos a relação entre Israel e Palestina arrefecendo, tornando-se mais dura. Além de comentar o surgimento do Estado de Israel e as razões para o conflito, Miguel também falou sobre o holocausto. São problemáticas com as quais ele está pessoalmente envolvido”, explicou a coordenadora do Departamento de Ciências Humanas, professora Ana Paula de Camargo. Pela importância do tema, o encontro contou com a presença dos alunos do 2º EM que, no próximo ano, vão se aprofundar no assunto.
 
Miguel iniciou sua fala abordando o Holocausto, genocídio promovido pelo Estado Nazista da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial, quando seis milhões de judeus foram assassinados. “Desde o início, ficou claro que a ideia de Hitler era transformar os campos de concentração, para onde os judeus eram levados, em campos de extermínio”, afirmou. O presidente da SIB contou que dois de seus tios foram vítimas do Holocausto.
 
 
Ele conta que alguns historiadores negam que o Holocausto tenha acontecido e há interesses políticos por trás dessa afirmação. “Diz-se que o Holocausto foi um dos argumentos usados para justificar a criação do Estado de Israel. E os árabes nunca aceitaram a existência de Israel e sua ocupação pelos judeus”, explicou.
 
Miguel pontuou que os conflitos não ocorrem apenas entre palestinos e judeus, mas, também, entre os diferentes grupos que vivem no território palestino. Por isso, a negociação é tão difícil. “Não existe uma liderança. Eles brigam mais entre si do que com Israel. Eles se organizam em pequenos grupos - tem alguns grupos terroristas, por exemplo – e, quando vão conversar com Israel, cada grupo vai para negociar contra seu rival dentro do mundo árabe”, concluiu.
 
Para saber mais sobre o tema, leia o texto escrito pelo professor de Atualidades em Inglês do Ensino Médio, Richard Hartley. Publicado no blog Breaking the News, o texto analisa os conflitos entre israelenses e palestinos do ponto de vista histórico e, também, considerando os mais recentes eventos.

 



 
0 comentário(s) para esta notícia.
 


NOME:
E-MAIL:
COMENTÁRIO:

 
> MAIS NOTÍCIAS
 
Rua Mangalô, 156, Colina A, Patamares, CEP 41680-048 - Tel (71) 3367-2173 | 3367-3040 | 3367-7308 | 3367-3041
secretaria@anglobra.com.br